terça-feira, 21 de junho de 2016

Agentes do DEGASE controlam princípio de rebelião em unidade do Degase, em Bangu

Por volta das 19h desta segunda feira (20/06), Agentes de Segurança do DEGASE que trabalham no Educandário Santos Expedito, unidade de internação para menores infratores no Complexo de Gericinó, tiveram que controlar um princípio de rebelião provocada em um dos módulos da unidade.

Seis menores infratores do módulo 6 atearam fogo em roupas e colchões, utilizando um pedaço de espuma do colchão e faíscas de fios desencapados da lâmpada para dar início ao incêndio, que destruiu completamente dois alojamentos daquele módulo.

OS Agentes, tão logo perceberam o incêndio, foram para o local a fim de extinguir o incêndio e controlar a situação, porém os menores lançavam objetos contra os Agentes e no fogo, na tentativa de impedi-los.

Agentes da Coordenação de Segurança e Inteligência do Órgão foram chamados para prestar apoio no local. Não foi necessário o acionamento do corpo de bombeiros. Não houveram feridos. O Registro de Ocorrência ainda está em andamento na 34DP (Bangu), com a realização de exame de corpo de delito.

Os seis autores do princípio de rebelião foram autuados por dano ao patrimônio público, passando a responder também por mais este ato infracional, desta vez durante o cumprimento de medida socioeducativa.
Ainda não se sabe o que ocasionou o fato. Há suspeitas de ter alguma relação com a rebelião provocada no presídio de Itaperuna, este sob a gestão da Secretaria de Administração Penitenciária."

http://reportereduandersilva.blogspot.com.br/2016/06/agentes-do-degase-controlam-principio.html

domingo, 19 de junho de 2016

Agentes socioeducativos são alvos de ataques em Cuiabá-MT

Dois agentes socioeducativos são baleados com tiro de 12; casa de outro foi alvejada

Dois agentes socioeducativos foram baleados na noite deste sábado (18), na região conhecida como Sucuri, em Cuiabá. Segundo o presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários (Sindspen), João Batista, eles teriam sido atingidos após serem reconhecidos pelos criminosos. As informações ainda são escassas, mas não está descartada a relação deste crime com os ataques que aconteceram aos agentes nos últimos dias. A casa de um outro agente também foi alvejada durante a noite.




No início da noite de hoje, dois agentes do sistema socioeducativo, identificados como Sidnei e Anderson, foram baleados na região do Sucuri, em Cuiabá. Segundo as informações, os criminosos estavam numa moto XRE e reconheceram os agentes que estavam num Gol. 

Em seguida, o garupa da moto sacou a arma calibre 12 e atirou contra os agentes. Feridos, eles foram encaminhados ao pronto-socorro de Cuiabá e passarão por cirurgia ainda na noite deste sábado. “O bandido reconheceu ele como agente e disse “perdeu, perdeu” e atirou”, informou um agente num grupo de WhatsApp.
A situação gerou alerta na classe de agentes prisionais e do socioeducativo.
“Os servidores do sistema penitenciário devem ficar em QAP, ficarem preparados. Vamos reforçar a segurança e os cuidados. Final de semana, nós não sabemos o que pode acontecer pessoal. Vamos cuidar uns da casa dos outros e ficar em QAP”, disse o presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários, João Batista, num grupo de WhatsApp.

image (1).jpeg

De acordo com as informações do presidente do Sindspen, os agentes socioeducativos teriam sido atingidos enquanto passavam de carro pela região supracitada, no início da noite deste sábado. A dupla recebeu disparos de uma espingarda calibre 12, após o criminoso ter reconhecido um deles. Uma das vítimas está em estado grave.

As vítimas foram socorridas e encaminhadas ao Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (PSMC). O agente em estado grave foi atingido nas costas. Ele aguarda um raio-x da coluna na unidade de saúde. Não há informações a respeito de quem cometeu o crime.

Outro ataque

Em Várzea Grande, no bairro 8 de março, a casa de outro agente socioeducativo foi alvejada por disparos de arma de fogo, por volta das 21 horas deste sábado. Dois homens em uma motocicleta estavam atrás de um criminoso e dispararam. Os tiros pegaram na parede da residência do agente, que não estava no local. A polícia nega que a ocorrência tenha a ver com o 'Salve Geral', que aconteceu semana passada.

Tensão

Recentemente, casa de agentes prisionais foram alvos de ataques em várias cidades de Mato Grosso. Todos os ataques teriam sido orquestrados por detentos de dentro das unidades prisionais. Vale lembrar que as visitas voltaram a ser restringidas (um dia por semana). Também está proibida a entrada de cigarros, alimentos e menores de idade.




http://www.olhardireto.com.br/noticias/exibir.asp?noticia=dois-agentes-socioeducativos-sao-baleados-com-tiro-de-12-casa-de-outro-foi-alvejada&id=422294

http://mail.folhamax.com.br/policia/criminosos-voltam-a-atacar-em-cuiaba-e-vg-agentes-sao-baleados-com-tiros-de-12/89666

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Falta de segurança é um problema evidente nas unidades socioeducativas

A segurança das unidades socioeducativas de Mato Grosso, que é o mínimo que deveria ser oferecido pelo Estado tanto para os servidores quanto para os adolescentes infratores parece um problema ainda muito distante a ser resolvido, a exemplo do que ocorreu no último domingo (12.06) em Barra do Garças, onde na madrugada, duas viaturas da unidade foram totalmente destruídas após atearem fogo nos veículos.

De acordo com informações, os servidores do sistema socioeducativo que estavam de plantão no local só perceberam o sinistro quando o fogo estava intenso e já havia praticamente destruído os carros.

"Quando eles perceberam a situação acionaram rapidamente o Corpo de Bombeiros, mas pouco pode ser feito", contou o presidente do Sindicato da Carreira dos Profissionais do Sistema Socioeducativo do Estado de Mato Grosso (SINDPSS), Paulo César de Souza, que acredita que os marginais atearam fogo nos veículos como forma de represália a greve da categoria que hoje completa 16 dias.

Carros foram queimados no pátio de Centro Socioeducativo de Barra do Garças (Foto: Corpo de Bombeiros/ Barra do Garças-MT)



Segundo informações da Policia Civil, quem ateou foto nos veículos aproveitou que a unidade não tem portão, ou seja, sem nenhuma segurança. “Segurança essa que devia ser garantida pelo Estado aos servidores e aos menores que lá estão internados”, afirmou Paulo.

Os representantes do sindicato da categoria também destacam essa falta de segurança na unidade de Cáceres, onde recentemente houve uma fuga em massa do Centro Socioeducativo da cidade. Ao todo, 13 dos 15 menores infratores que estavam internados na unidade conseguiram fugir após simularem uma briga no pátio da unidade.

“Naquele dia, os agentes foram para separar, mas acabaram sendo rendidos pelos infratores”, contou o presidente do Sindpss, acrescentando ainda, que “temos certeza que tudo isso aconteceu pelo fato do baixíssimo efetivo que temos nessas unidades”.

De acordo ainda com a direção do Sindpss, mesmo já não tendo servidores o suficiente para se garantir o mínimo de segurança nas unidades socioeducativa como a de Cáceres, a secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) ainda esta cortando o apoio do Setor de Operações Especiais (SOE).

“Sempre que se tem alguma eventualidade os servidores contam com o apoio desse grupo de agentes penitenciários, mas agora a Sejudh esta cortando esse apoio, além de servidores que foram disponibilizados temporariamente para Sinop e não retornaram para Cáceres, então, a situação lá é preocupante e pode resultar em morte de internos e até mesmo de servidores e já vamos deixar muito bem claro que se caso isso venha a acontecer a responsabilidade é totalmente dos gestores da Sejudh”, disse Paulo.

Para o presidente do Sindpss ainda, o governo do Estado tem transformado um verdadeiro caos a segurança pública ao não conceder a Revisão Geral Anual (RGA) um direito garantido em lei aos servidores.

"É muito mais fácil pressionar os profissionais da segurança pública que o governo, que nada tem feito para melhorar esse setor e é único responsável por todas essas ondas de ataques aqui no Estado. Tenho certeza que nenhum profissional da segurança pública quer estar em greve e quer essa situação, mas somos obrigados a tomar essa atitude", falou Paulo.

http://www.aguaboanews.com.br/noticias/exibir.asp?id=5550&noticia=falta_de_seguranca_e_um_problema_evidente_nas_unidades_socioeducativas_do_estado

quarta-feira, 15 de junho de 2016

Briga entre adolescentes deixa funcionários feridos em unidade da Fundação CASA de IARAS-SP

Uma briga entre adolescentes foi registrada nesta terça-feira (14) na unidade da Fundação CASA de Iaras e deixou funcionários feridos.

Durante a confusão, um dos funcionários que foi separar a briga teve ferimentos e precisou ser atendido na Unidade Básica de Saúde, em Cerqueira Cesar. Uma cadeira foi arremessada contra o trabalhador.


Fundação Casa de Iaras. (Foto: Divulgação).
Fundação Casa de Iaras. (Foto: Divulgação)
A briga ocorreu quando houve a intervenção de funcionários para separar os menores. No momento em que houve a primeira tentativa de conter o tumulto, outros adolescentes se envolveram na briga e houve necessidade de reforço, para conseguirem conter os menores.

Outros funcionários tiveram apenas escoriações na hora do tumulto e não precisaram ser levados para o hospital.

A Fundação CASA foi procurada pela reportagem do Agência14News e disse que vai responder sobre o caso.

A unidade da Fundação CASA de Botucatu também registrou um início de rebelião recentemente com funcionários e adolescentes feridos. O caso foi analisado pela Justiça como um fato isolado.


PORTE DE ARMA JÁ PARA AGENTES SOCIOEDUCATIVO DO ESTADO DE SÃO PAULO

PORTE DE ARMA JÁ !!!


Esperamos uma posição frente a este desafio para o Estado de São Paulo.

EU CONCLAMO AO SINDICATO DO SISTEMA SOCIOEDUCATIVO DO ESTADO DE SÃO PAULO A LUTAR POR NOSSO DIREITO DE SE DEFENDER.

Porte de arma já para agentes de apoio Socioeducativo do Estado de São Paulo.

SITSESP LUTE POR NÓS!
EU SEI QUE EXISTE DIRETORES SINDICAIS QUE TEM LUTADO PELO NOSSOS DIREITOS TRABALHISTAS ARDUAMENTE, SEI TAMBÉM QUE ALGUNS SÃO CONTRA ! Mas, sindicato somos nós !! Somos nós agentes que sofremos ameaças, agressões, dezenas de companheiros alvejados, outros tantos assassinados em emboscadas. ACORDEM !!!

Alan Branquinho já se prontificou a está  luta!
Grande guerreiro tem também minha admiração ! abraço !


PORTE DE ARMA JÁ



Rones Marciel 
adm. Blog Funça News 



PORTE DE ARMA JÁ, PARA AGENTES SOCIOEDUCATIVOS EM TODO BRASIL

Funça News parabeniza aos sindicatos dos Estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e agora do Espirito Santo por lutar para que os agentes socioeducativos tenham o direito de se defender e defender suas famílias.

Rio de Janeiro:          SIND-DEGASE -  http://www.sinddegase.org.br/
Minas Gerais:            SINDSISEMG      http://www.sindsisemg.org.br/
ESPIRITO SANTO:      SINASES             http://www.sinases.com.br/

O Presidente do SINDDEGASE João Luiz Pereira Rodrigues sempre na luta em prol da segurança e dos direitos dos funcionários do sistema socioeducativo do Rio de Janeiro. Sempre em suas entrevistas defendendo os servidores e denunciando destemidamente nos meios de comunicação. ASSIM QUE TEM QUE SER.





Sindicato do Espirito Santo apresenta projeto para porte de arma para agentes socioeducativos

O PROJETO DE LEI Nº 177/2016

SINASES em parceria com os deputados da Comissão de Segurança apresentam projeto de lei que permite porte de arma aos Agentes Socioeducativo do Estado do Espirito Santo.
O PROJETO DE LEI Nº 177/2016 que começa a tramitar na assembleia do estado, tem como objetivo fornecer o porte de arma aos agentes socioeducativo do estado, que enfrentam uma rotina de total falta de segurança dentro e fora das unidades socioeducativas do estado.

A medida tem o objetivo de dar maior segurança aos agentes, já que hoje não possuem nenhuma forma de garantir sua segurança e muito menos a de seus familiares no convívio social, pois a maioria dos adolescentes internados no sistema são criminosos de grande potencialidade, quando não são os verdadeiros “chefe” do trafico de drogas. Isso faz com os agentes sofram ameaças de morte a todo momento.

A diretoria do SINASES agradece aos Deputados Estaduais: Euclerio Sampaio, Gilsinho Lopes, Da Vitória e Sandro Locutor, por abraçar a causa dos agentes socioeducativos. Para o presidente do SINASES Bruno Menelli Dalpiero “ o primeiro passo foi dado agora é trabalharmos para que o projeto seja aprovado. Não é de hoje que o SINASES busca uma forma de garantir o direito de defesa dos agentes, mais com muito empenho e articulação conseguimos com que a comissão de segurança abraçasse nossa causa, esse é um momento muito importante para os agentes socioeducativos”.

Acompanhe a tramitação do projeto pelo link a baixo:

http://www.al.es.gov.br/novo_portal/

PL1772016.e. (1).pdf
SINASES, um sindicato feito por você.

http://sinases.com.br/noticias/detalhe/o-projeto-de-lei-no-1772016


segunda-feira, 13 de junho de 2016

Dois carros são queimados em pátio de Centro Socioeducativo em MT

Galão de combustível foi encontrado perto de veículos incendiados.
Delegado afirmou que está investigando se caso tem relação com ataques.

Dois carros do Centro Socioeducativo de Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá, foram incediados por criminosos, na madrugada deste domingo (12). Os veículos estavam estacionados no pátio da unidade. O Corpo de Bombeiros controlou as chamas, mas os carros ficaram completamente destruídos.

Carros foram queimados no pátio de Centro Socioeducativo de Barra do Garças (Foto: Corpo de Bombeiros/ Barra do Garças-MT)
Carros foram queimados no pátio de Centro Socioeducativo de Barra do Garças (Foto: Corpo de Bombeiros/ Barra do Garças-MT)

Um galão de combustível, que pode ter sido usado no ataque, foi encontrado perto dos veículos. O crime, segundo o delegado Wilyney Santana Borges da Polícia Civil, foi cometido pouco depois de meia noite.

"Fomos ao local juntamente com a Polícia Militar e encontramos o galão, indicando que o incêndio tenha sido criminoso. Nós estamos tentando ter acesso a algumas imagens do local para tentar identificar os suspeitos de atear fogo nessas viaturas", afirmou o delegado.

Segundo ele, não é possível afimar que esse crime tenha relação com os outros ataques registrados no estado, desde sexta-feira (10). "Ainda não podemos afirmar que tenha relação direta, mas ele ocorre em um momento em que esses outros ataques estão sendo propagados em todo o estado de Mato Grosso, Queremos identificar essas pessoas para então sabermos a motivação desses ataques", disse Borges.

Os investigadores e escrivães da Polícia Civil estão em greve, mas os delegados, não. "A Polícia Civil entrou em greve para cobrar o recebimento da RGA, mas nós, no entanto, estamos trabalhando na tentativa de elucidar esse caso", disse o delegado.

Quando os agentes do socioeducativo perceberam, o fogo já estava alto. Eles acionaram os bombeiros.


Agente socioeducativo é atingido por facada em frente de casa

 José Marinaldo levou facada na perna; crime ocorreu em Cruzeiro do Sul-AC.

Suspeito já foi preso pela polícia e encaminhado para a delegacia da cidade.

O agente socioeducativo José Marinaldo estava na frente de sua casa, localizada na cidade de Cruzeiro do Sul, distante 648 quilômetros de Rio Branco, quando recebeu uma facada na perna esquerda. O suspeito de ter atingido a vítima, segundo o diretor do Instituto Socioeducativo da cidade, Vanilson Barbosa, é Israel Lima, de 24 anos. O crime ocorreu neste domingo (12).
Segundo o ISE, Israel Lima é de Rio Branco e chegou na cidade há 15 dias. Barbosa diz que o jovem tentou ferir o agente mais vezes, mas a esposa de Marinaldo interferiu na briga.

Israel Lima, de 24 anos, é suspeito de ter dado a facada no agente socioeducativo (Foto: Divulgação / ISE Cruzeiro do Sul )
Israel Lima, de 24 anos, é suspeito de ter dado
a facada no agente socioeducativo
(Foto: Divulgação / ISE Cruzeiro do Sul )
"De imediato, nossos agentes juntamente com os policiais militares, realizaram buscas para capturar o suspeito localizando-o no final da tarde de domingo. Encontramos ele em um apartamento. Nossa equipe, juntamente com a polícia, está hoje [segunda, 13], tentando descobrir a motivação do crime", afirma o diretor do ISE.

Para os companheiros de trabalho, o crime preocupa a classe pela exposição com os criminosos. "Isso nos deixou preocupados, porque trabalhamos diretamente com pessoas ligadas ao crime sendo maior ou menor de idade.


Muitos dos menores cometeram crimes graves e as vezes até mais graves do que alguns que estão na penal. Nosso colega estava em casa, até a esposa foi agredida, poderia ter sido a filha ou mais alguém", reclama um agente, que não quis se identificar.

http://g1.globo.com/ac/acre/noticia/2016/06/no-ac-agente-socioeducativo-e-atingido-por-facada-em-frente-de-casa.html

VEJA TAMBÉM:
Agente penitenciário é morto a tiros em Florianópolis 

domingo, 12 de junho de 2016

Agente da Fundação Casa de Rio Preto é agredido por internos

Confusão começou após jantar e foi registrado como lesão corporal. Adolescentes aguardam decisão do juiz da Vara da Infância e da Juventude.

Um agente Socioeducativo de 28 anos foi agredido por internos da Fundação Casa de São José do Rio Preto (SP), por volta das 19h de sábado (11).

De acordo com informações do boletim de ocorrência, os internos começaram uma confusão depois do jantar, quando um menor foi retirado do refeitório para ser advertido verbalmente por indisciplina.
No registro policial consta que quatro internos aproveitaram a confusão para tentar fugir, mas foram impedidos pelo agente, que foi agredido. O agente penitenciário passou por atendimento médico e ficará afastado do trabalho.
O caso foi registrado como lesão corporal. Os adolescentes aguardam decisão do juiz da Vara da Infância e da Juventude.

Fundação Casa em Rio Preto  (Foto: Reprodução/ TV TEM)

http://g1.globo.com/sao-paulo/sao-jose-do-rio-preto-aracatuba/noticia/2016/06/agente-da-fundacao-casa-de-rio-preto-e-agredido-por-internos.html?utm_source=facebook&utm_medium=share-bar-desktop&utm_campaign=share-bar